quinta-feira, 10 de março de 2011

é amor quando se pede bis;
quando se sabe saciar a felicidade;
sabe expor a ilusão;
quando é amor e apenas fica no quando;
é amor quando o fim, o meio e o começo viram amor;
é amor quando os dois sonham;
é amor quando não se presta atenção no mundo;
quando o mundo é apenas dois;
é amor quando se tem o mar nas mãos;
é amor quando se sabe deitar na grama e olhar o céu de mãos dadas;
é amor saber ficar aflito;
é amor mesmo quando não se saber amar.

6 comentários:

Maria Andrade disse...

e quem sabe, sabe?

JURA disse...

belo

Sarinha disse...

Lindo !
Ahh posso copiar qualquer dia ?
rs
Bjs

Pitango disse...

É sempre uma boa surpresa entrar no seu blog e ler suas palavras. Abção!

F. Otavio M. Silva disse...

OI, muito interessante seu blog, to passando aki pq vi q vc é seguidor do blog do meu amigo, Mailson, e por isso quero convidar vc para dá uma olhada no meu blog http://otaviomsilva.blogspot.com/
desde Já agradeço, Forte abraço

PS: Sigo de volta

Duda disse...

O bom é que é amor! e amor é sempre bom! que texto belíssimo! parabens! passa la no meu blog!
http://dudika.bandeira.zip.net/