terça-feira, 16 de setembro de 2008

O tempo diz
O dia mente
A noite atormenta
O tempo fala
O dia amante
A noite galopante
O tempo venta
O dia triste
A noite solitária
O tempo distancia
O dia escreve
A noite rima
O tempo saudoso
O dia esperançoso
A noite adormecida

A noite acabada
O dia raiado
O tempo de sempre
Ausente.

3 comentários:

guianafrancesa2005 disse...

o tempo, o dia e a noite....ficou linda a jogada de palavras!!!!


a última parte fechou literalmente com chave de ouro!
"A noite acabada
O dia raiado
O tempo de sempre
Ausente."

beijo, Gisele

Anônimo disse...

demais

JURA

Pitango disse...

Mto bom o poema e a foto!
Abção

Pitango
http://www.lenfantdeboheme.blogspot.com/