segunda-feira, 23 de março de 2009

This is what you get

Não sei nem por onde, em que ponto começar a falar sobre o show do Radiohead, que presenciei em SP. Cansativo. Mas compensatório. Nunca na minha vida eu vi algo parecido. Claro, é a minha banda preferida. Mas não só por isso, músicos que uniram musicalidade, melodias inexplicáveis e um palco pra deixar na memória cada um extasiado. Momentos do show que eu me perguntava o que eu faria após sair deste show? Um dia depois, imagens, sons não me saíam da cabeça. Um rádio era a minha cabeça. Ouvi muita gente falar de que seria um show depressivo, mas eu nunca usei a música deles para momentos de tristeza, ou nunca ela me deixou pra baixo. Há algumas composições angustiantes, mas musicalmente eles me transportam para outro universo. Meus pés (já doloridos) me pegavam por acima do chão em certos momentos. Eu não acreditava no que estava vendo e ouvindo (estaria já em outra dimensão?). Por vezes fechava os olhos e sabia que não estava lá. Thom Yorke genial, voz, instrumentista. Toda banda, Ed O´Brian e John Greenwood sensacionais. E os fãs? Só quem estava lá para relatar. Imagens transpostas no telão? Muito cineasta deveria aprender com esse show. A sensação que tive ao deixar o local do show é de achar que dificilmente uma noite musical superará esta. E o cansaço? Tudo compensou. Até a fina garoa da tarde, já que estávamos em São Paulo, mas à noite, o céu estrelado, para uma noite tão especial e inesquecível.
"Everything in its right place"

4 comentários:

Ceisa Martins disse...

Sinto uma inveja tão grande de ti!
Adoro radioHead! Queria tanto tanto tanto TANTO ter ido!
Vi alguns trechinhos pelo Multishow!
mas não teve graça!

Ah! Uma invejinha branca, como dizem por ai! rs


Beijos!

Patrícia Lage disse...

Usemos as palavras para contar sobre o que não se consegue explicar completamente...

Foi um dos momentos mais marcantes na minha vida, uma referência, uma lembrança maravilhosa. Uma demonstração de que o ser humano pode sim produzir e causar o bem.

E que bom que eu compartilhei com você, Rapha! Valeu pela companhia, sempre!

Beijos.

Pitango disse...

Cara, eu queria MTO ter ido nesse show.

Abção
Gus
http://tchubaduba.blogspot.com/

Anônimo disse...

maravilha
apareça