quinta-feira, 6 de setembro de 2007

Vivendo


Nós crescemos
Nós vivemos
Nós amamos
Nós odiamos
A vida vai
Os amigos vão
As pessoas são
Os lugares estão
Tudo passa
Todos passam
Nós assistimos a tudo
Nós erramos em tudo
Corrigimos o tudo
A vida ainda está
Todos voltam
Na lembrança
De quem ainda vive
De uma vida
A vida não tem volta
Os amigos têm
As pessoas também
Os lugares talvez
Nós cremos
Nós desacreditamos
A vida ainda está
Não nos dispomos a certas coisas
Ficamos doentes por amor
Por doença
(Amor não é uma doença?)
Nós aceitamos tudo nela
Nós ficamos parados pensando nela
Nós odiamos
Nós amamos
Nós nos arrependemos
(do que não fizemos?)
Nós (de) crescemos
Nós (des) acreditamos
Procuramos uma saída
Mas não há mais
A vida se foi
A vida não tem volta



.poemeu.

Um comentário:

eupatriciamesmo disse...

Nós tudo,
Nós nada.

cacofonia pura.

beijo, Rapha!